Em pauta: gorjeta, deságio dos vales refeição e trabalho intermitente

ministro do trabalho unecs paulo solmucci

Da esquerda para direita: Presidente da CNDL, José César da Costa; deputado federal, Herculano Passos; o presidente da Abrasel e Unecs, Paulo Solmucci; o ministro do Trabalho, Helton Yomura; o deputado federal, Rogério Marinho e o diretor da Abras, Antonio Tadeu Peron


União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (Unecs) participou de uma audiência na última terça-feira (3), com o ministro do Trabalho, Helton Yomura, para discutir questões relevantes para o setor. Foram colocados em pauta os desdobramentos da modernização trabalhista, com foco no trabalho intermitente, a lei da gorjeta e a portaria que proibiu o deságio nos vales alimentação e refeição. 

A Unecs esteve representada pelo seu presidente, Paulo Solmucci, que também preside a Abrasel; o presidente a Confederação Nacional de Dirigentes e Logistas (CNDL), José César da Costa; o diretor da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), António Tadeu Peron e o diretor de Relações Institucionais da Abrasel, Newton Garcia. Também estiveram presentes os deputados federais Rogério Marinho (PSDB/RN) e Herculano Passos (PSD/SP).